Saiba como montar um ambiente de estudos ideal

Saiba como montar um ambiente de estudos ideal

Saiba como montar um ambiente de estudos ideal

Os aspectos do ambiente em que você estuda afetam diretamente no seu rendimento.

Ter um ambiente especial para estudar é mais valioso do que o tempo que é reservado para isso. Segundo especialistas, o espaço utilizado para a aprendizagem – luz, som, conforto e a organização do local, seja em casa ou na instituição física influenciam no processo de estudo, positivamente ou negativamente.

Daremos algumas dicas que se aplicam tanto ao ambiente de ensino presencial como ao estudo híbrido à distância.

Manter a ordem é um pré-requisito para obter bons desempenhos e aumentar a eficiência no exercício de atividades cotidianas. Permite melhor gestão do tempo, evita perda de materiais, e estabelece um ambiente agradável bem como auxilia na manutenção do foco.

Há uma base epistêmica para essa relação.
Quando estamos em um lugar sobrecarregado de informações e totalmente desorganizado, o nosso cérebro é bombardeado com estímulos. Dessa forma, nossa capacidade processar dados é prejudicada, exigindo que gastemos mais energia e tempo para nos concentrarmos.

Cores, papeis de parede, novos objetos: esses elementos não apenas decoram, mas podem atuar diretamente em dois níveis de atenção. De acordo com os estudos do neurocientista Michael Posner, nosso cérebro gosta de novidade que produzem estado de alerta necessário para a concentração e influenciam na orientação neural.

Plantas é sempre uma boa opção para se ter no ambiente de estudo.
Uma pesquisa feita pela Universidade de Hyogo, no Japão, mostrou que plantas podem servir muito mais do que para, apenas, decorar o local. O estudo concluiu que a presença delas pode, entre outros benefícios, reduzir o estresse diário e contribuir com o rendimento das atividades.

Mais importante que a facilidade de adaptação como o ambiente em que estuda, é sua identificação como espaço. O local presa em primeiro lugar, respeitar o estilo pessoal de cada pessoa.

 

Agora que você já sabe como é um espaço apropriado para estudo, que tal começar a estruturar o seu?

As novas tecnologias no ensino superior

As novas tecnologias no ensino superior

Falar sobre as novas tecnologias no ensino superior, além de importante, é esclarecedor diante da rapidez com que essas mesmas tecnologias surgem.

No início da pandemia sabíamos sobre a importância das tecnologias na educação, mas não imaginávamos que seriam tão presentes, tão rapidamente, no ensino superior. O avanço das tecnologias de informação possibilitou a criação de ferramentas que podem ser utilizadas por professores e alunos em suas disciplinas.

Rotinas foram alteradas, novas tecnologias inventadas e a preocupação em dar continuidade ao ensino, mesmo em um momento de tanta dúvida e turbulência, ainda é o foco.

O que são consideradas novas tecnologias no ensino superior?

A origem da palavra “tecnologia” advém de qualquer método que possa realizar um objetivo em específico. Neste caso, falando em ensino superior, falamos do trabalho entre habilidade e método para que o conhecimento possa ser passado. No caso, neste artigo vamos abordar como as tecnologias foram importantes para dar continuidade ao sonho de muitos em ter um diploma de ensino superior.

Tudo que possa ajudar e melhorar, transmitir e ensinar algo durante sua trajetória acadêmica, podem ser consideradas novas tecnologias no ensino superior. Logo abaixo vamos deixar mais explícito, não todas, mas as principais tecnologias que agregam no ensino superior.

 

Destaque em novas tecnologias no ensino superior

Vamos aqui destacar as principais tecnologias que contribuem para uma boa rotina de aprendizagem.

Microlearning

As formas como os alunos consomem conteúdos têm passado por uma grande transformação  Lutar pela atenção do aluno pode ser um caminho difícil e compreender o que é o microlearning é uma forma de facilitar a vida de ambos: professores e alunos.

Microlearning é, basicamente, transmitir algum conhecimento ou matéria por meio de uma metodologia que aborda conteúdos complexos de forma mais curta e fragmentada. Propositalmente, começamos com este exemplo para desmistificar o senso comum de que tecnologia está sempre ligada aos sistemas e dispositivos técnicos, tais como computadores e afins As vantagens desta nova tecnologia são: 

  • Torna as aulas mais atrativas;
  •  Despertam a curiosidade e atenção dos alunos;
  •  Melhoram a produtividade;
  •  Auxiliam os educadores a dinamizar as aulas.

Realidade aumentada

As novas tecnologias no ensino superior encontram na realidade aumentada uma saída para exercícios técnicos que até então só poderiam ser realizados em laboratórios. A realidade aumentada consegue explorar recursos das disciplinas e de seus respectivos materiais didáticos, concentrando ainda mais o foco e interesse dos alunos.

Apostando na maleabilidade e curiosidade dos discentes, a interatividade e os benefícios que este modelo tecnológico pode trazer, são inúmeros.

Hangouts (debates e transmissões ao vivo)

Videoaulas e chamadas de vídeo possibilitaram o contato com pessoas e suas diversas realidades.

Era o fôlego que faltava pra quem estava preocupado em se formar. Incentivar os alunos a produzirem conteúdo em vídeo, relacionado aos estudos em sala de aula, também foi uma maneira de gerar maior engajamento e, sem dúvidas, uma das maiores vantagens das novas tecnologias no ensino superior.

O ensino remoto e as novas tecnologias no ensino superior

O ensino remoto, tal quanto a maleabilidade do ensino superior, representa grande valia na compreensão da realidade em que o aluno está inserido O sonho de ter um curso superior e ser um grande profissional existe, porém, muitas instituições de ensino trabalham com métodos pedagógicos pra lá de ultrapassados.

Sabendo disso, Centro Universitário Brasília de Goiás acredita que as novas tecnologias no ensino superior estão aqui para beneficiar quem sonha em ter um diploma. Inovamos no ensino, na estrutura e nas novas tecnologias para o ensino superior, nos adaptando ao seu cotidiano com aulas remotas, laboratórios digitais e muito mais. 

Com tanta tecnologia só falta você fazer parte deste pacote de sucesso! Confira AQUI nossos cursos superiores disponíveis! Quer saber mais sobre o Centro Universitário Brasília de Goiás? Acompanhe nossas redes sociais:

     

Vantagens de um curso superior de menor duração

Vantagens de um curso superior de menor duração

Vantagens de um curso superior de menor duração

Se chegou a hora de escolher um curso superior, é importante colocar no papel o que pode ser ou não vantajoso para você.

Uma dessas vantagens é um curso superior de menor duração. E é sobre isso que vamos falar hoje.

O que é um curso superior de menor duração?

Um curso de menor duração pode ser separado em um curso técnico ou em um curso tecnológico.

O curso técnico costuma exigir ensino médio e pode durar apenas alguns meses, porém não há uma certificação de ensino superior.

Já o curso tecnológico é um curso superior de menor duração que te fornece uma certificação de ensino superior.

Não podemos esquecer também dos cursos sequenciais que, atualmente, podem oferecer uma certificação de ensino superior ao aluno, ou uma extensão a quem já tem um diploma de ensino superior. 

 

Quais são as vantagens de se fazer um curso superior de menor duração?

As vantagens de se fazer um curso superior de menor duração são várias, por isso vamos pontuar as principais:

Investimento mais baixo:



Um curso superior de menor duração costuma ter um valor mais acessível, pois estão focados em técnicas e conhecimentos com foco diferente dos bacharelados e licenciaturas.

Este custo geral também diminui, pois os cursos superiores de menor duração costumam ter de 4 a 6 semestres, o que garante um menor número de mensalidades.

Tempo de formação

Sabemos que tem muita gente ansiosa para ter um diploma de ensino superior, e, como dito anteriormente, um curso superior de menor duração costuma ter de 4 a 6 semestres, o que pode acelerar a realização do seu sonho profissional.

Formação mais voltada para o mercado

É importante saber que um curso superior de menor duração tem seu viés acadêmico mais focado no mercado de trabalho.

Como a carência de profissionais tecnólogos no mercado é grande, optar por um curso superior de menor duração pode te inserir mais rápido no mercado de trabalho.


Variedade de opções

O que é mais vantajoso quando pensamos em um curso superior de menor duração é a variedade de cursos ofertados.

Temos cursos nas áreas de Marketing, Design, Saúde, Estética, Economia, Gestão, Tecnologia, entre outros.



Quero fazer um curso superior de menor duração!

Preparamos este artigo pontuando as vantagens de se fazer um curso superior de menor duração.

Deu pra perceber que as vantagens são muitas, né?

Se você não quer perder tempo e decidiu por um curso superior de menor duração, conte com o Centro Universitário Brasília de Goiás.

Confira AQUI os cursos superiores de menor duração ofertados por nossa unidade e faça seu sonho de ter um diploma se tornar realidade.

Quer saber mais sobre o Centro Universitário Brasília de Goiás? Acompanhe nossas redes sociais:

curso superior de menor duração     curso superior de menor duração

4 conselhos para escolher a melhor faculdade para você

4 conselhos para escolher a melhor faculdade para você

Você sonha em fazer um curso superior, mas não sabe como escolher a melhor faculdade para você?

Calma, que a gente tá aqui pra te ajudar! 

Ficou interessado? Vem com a gente conferir esses 4 conselhos para escolher a melhor faculdade para você:

Custo/Benefício



Nem sempre a melhor faculdade para você será a que custa mais caro ou uma universidade pública. Como dito anteriormente, verificar a qualidade do curso conta bastante.

Leve em conta também os gastos que você terá e que vão além da matrícula. Alimentação, material didático, transporte e localização podem pesar no seu bolso no final do mês.

Qualidade dos cursos e cursos oferecidos



Para verificar a melhor faculdade para você, é importante checar os cursos que são oferecidos pela faculdade, além da qualidade desses cursos (corpo docente, planejamento pedagógico, matriz curricular, entre outros)

Outra forma de verificar a qualidade do curso superior, é conversar com alguém que faça o curso e, por meio do site do ENADE, verificar a nota do curso.

Retorno Financeiro e dedicação profissional

Fique atento ao mercado profissional em relação aos cursos que, hoje, podem te oferecer um retorno financeiro após você ter se formado.

Existem cursos que estão em alta e, para alguns, a melhor faculdade é a que “dá dinheiro” rápido.

Vale ressaltar que, sendo um profissional dedicado e inovador, o mercado saberá reconhecer e a lei do curso superior que “dá mais dinheiro” ou não, passa a não funcionar mais.

Modalidades de ensino

Às vezes a melhor faculdade é a que oferece cursos que se adaptam à sua realidade social.

As modalidade de ensino ajudam bastante na sua realização profissional e muitos cursos são oferecidos em diversas modalidades (educação a distância, presencial e semipresencia).

 Vale ressaltar que, independentemente da modalidade, o ensino digital se faz bastante presente no cotidiano acadêmico atual, mas isso já é assunto pra outro artigo.

 

E SE A GENTE TE FALAR QUE o Centro Universitário UniBRASÍLIA de Goiás pode ser a melhor faculdade para você e a gente pode te provar?



O Centro Universitário UniBRASÍLIA de Goiás conta com uma variedade de cursos superiores, além de um corpo docente de primeira.

Te auxiliamos do começo ao fim do curso, para que, na formatura do curso, você possa pensar: Caramba! Eu vou arrasar muito!

É por meio da qualidade, suporte e confiança que nós acreditamos em você e te preparamos para ser o melhor profissional e poder agregar a nossa sociedade.

Vem ser feliz na melhor faculdade! Vem ser feliz no Centro Universitário UniBRASILÍA de Goiás!

Se tiver qualquer dúvida, entre em contato POR AQUI! Agorinha a gente te dá um alÕ!

Você também pode acompanhar nossas redes sociais e ficar por dentro de tudo que acontece em nosso cotidiano acadêmico:

 

melhor faculdade    melhor faculdade

#maisqueeducacao

Qual curso superior mais combina com você?

Qual curso superior mais combina com você?

Já parou pra pensar que você sonha em ser um profissional, mas não sabe qual curso superior escolher?

Para quem tem o sonho de ser um grande profissional, o curso superior se torna peça fundamental para essa realização.

A grande questão que deixa todo mundo de cabelo em pé […]

[…] é sobre qual curso superior escolher. Por isso, separamos algumas dicas para que você possa encontrar o melhor caminho para a sua graduação.

 

Antes de tudo é importante focar em dois pontos:

– Quais eram suas melhores habilidades quando era estudante?

– Quais são as principais tendências do mercado profissional?

Se o ponto forem suas habilidades anteriores ao ingresso no curso superior, é só lembrar da sua infância ou mesmo do ensino médio e se perguntar: Eu era bom em que?

Se você é uma pessoa criativa ou que gosta de artes e desenho, por exemplo, o indicativo é um curso superior que trabalha com criatividade, como publicidade e propaganda, arquitetura e urbanismo, entre outros.

 Se você gosta de liderar e sempre esteve à frente das decisões da turma defendendo ou fazendo parte do corpo estudantil, provavelmente cursos como Administração ou Direito vão ser uma ótima escolha.

Quando a questão é escolher seu curso superior, de acordo com as demandas do mercado, fique de olho nas tendências ou nos cursos superiores que estão em alta. Hoje vemos que cursos voltados às tecnologias da informação estão em alta. 

Além disso, não podemos esquecer faculdades que sempre estão em alta e geram, no mercado profissional, boas remunerações, tais como Medicina e boa parte dos cursos de Engenharia.

 

MAS EU AINDA SIM NÂO SEI O QUE COMBINA COMIGO!

Calma que vão aqui mais 3 dicas:

01. Procure a ajuda de um profissional: Seja uma orientação com um profissional de psicologia ou mesmo entrando em contato com profissionais das áreas que você mais predisposição a fazer o curso superior, procurar uma ajuda profissional é sempre uma boa escolha.

02. Faça um teste vocacional: O teste vocacional é um teste de carreira que te direciona, por meio de uma série de perguntas, a um curso superior que combine melhor com você.

Clique aqui e faça seu TESTE VOCACIONAL 

03. Conte com a gente: O Centro Universitário Brasília de Goiás também não quer te ver desamparado, por isso, contamos com profissionais pedagógicos que podem te orientar e te apresentar os prós e contras de cada curso.

Dê um olhada nos cursos disponíveis em nosso Centro Universitário e entre em CONTATO para solicitar uma orientação e escolher, da melhor forma, seu curso superior.

Você também pode acompanhar a gente por meio de nossas redes sociais:

curso superior     


Pode ter certeza que, seguindo nossas dicas, você ainda vai dizer: “Caramba Encontrei meu curso superior!”

O que a gente vai responder?

É ISSO Aí! TAMO JUNTO!

#maisqueeducacao

Guia rápido: boas práticas para aprender melhor nas aulas online

Guia rápido: boas práticas para aprender melhor nas aulas online

Guia rápido: boas práticas para aprender melhor nas aulas online

A medida de isolamento social para evitar a propagação do coronavírus nos forçou a introduzir novos hábitos na rotina. Nas faculdades, sobretudo na graduação presencial, a realidade das aulas virtuais tomaram conta rapidamente e, assim, a pouca intimidade com tecnologia e a falta de prática nesse cenário fez com que muitos estudantes tivessem dificuldade para tirar o melhor proveito dos conteúdos transmitidos pelos professores. 

Por isso, no post de hoje, trouxemos um guia rápido com alguns toques, aparentemente simples, mas que fazem toda a diferença para aprender melhor na aula à distância. Boa leitura!

 

Ao acordar, troque o pijama por uma roupa confortável

Se o horário combinado for pela manhã, não caia no erro de permanecer com o pijama para “ganhar tempo”. Vista-se como se fosse sair de casa, até mesmo calce um tênis ou outro sapato confortável não precisa exagerar na arrumação, claro! O objetivo é que você sinta que está se preparando para um compromisso importante (o que de fato é), e o ritual de trocar de roupa deixará mais bem definida a transição entre “tempo livre” e “tempo de estudo”.

Assista à transmissão online em ambiente adequado — na cama, não!

A liberdade que se ganha com a rotina de estudos em casa pode provocar algumas tentações que prejudicam muito a absorção do conteúdo. Dito isto, não se engane: escolher a cama como local de estudos pode até parecer uma boa pedida à primeira vista, porém, isso só contribui para distrações. Uma mesa em local bem iluminado, com espaço suficiente para acomodar seus materiais, e uma cadeira com apoio para a coluna é tudo o que precisa.

Entre na sala virtual com antecedência

A sua turma tem aula às 14:00, você resolve ingressar na videoconferência às 13:59 e percebe que o link está errado ou lembra que esqueceu de baixar o aplicativo e instalar a ferramenta necessária para a aula. Para evitar qualquer confusão, entre na plataforma com pelo menos 10 minutos de antecedência, experimente os recursos disponíveis, teste sua câmera e microfones. Assim você não se atrasa ou não interrompe o professor para fazer uma pergunta técnica. 

Conte com o apoio dos seus familiares e fuja das distrações

O ideal é evitar sala e cozinha, mas se você não mora sozinho e precisa organizar seu canto de estudos em um cômodo de maior circulação, avise para as pessoas não falarem com você e para que tentem manter um tom de voz mais baixo durante sua aula. Esclareça que o apoio deles é importante para que você não perca a concentração. Além disso, deixe o celular no silencioso e feche abas do navegador que não sejam sobre o tema da disciplina. Ah, e um detalhe: use fones de ouvido!

Prepare-se para a aula e contribua com o professor

O ensino à distância também podem ser uma nova experiência para o professor que está do outro lado da tela, pois ele tem a missão de preparar conteúdos para aulas ainda mais dinâmicas e promover um debate interessante na sala virtual. Mais do que nunca, a interação com a turma é imprescindível para a absorção do tema! Se preparar para o momento lendo o material de apoio indicado é o primeiro passo para uma aula instigante e menos unilateral (com o professor falando sozinho). 

Aproveite chats e fóruns para fazer perguntas

Assim como na aula presencial, não sinta vergonha de perguntar. Utilize os recursos e ferramentas da plataforma online de ensino para fazer suas considerações e expor suas dúvidas sobre o tema. Se for o caso, procure o professor após a aula para esclarecer alguma questão ou, ainda, peça ajuda dos seus colegas e monte grupos de estudos. Qualquer iniciativa para compartilhar dúvidas é importante para que nem você nem seus colegas se sintam perdidos na disciplina.

Espere a sua vez de falar — e deixe o microfone e câmera desligados!

A quantidade de computadores conectados pode sobrecarregar o servidor e prejudicar a qualidade da videochamada, portanto, somente ligue a câmera quando solicitado e permaneça com o seu microfone no mudo se não for sua vez de falar. Muitas plataformas têm ferramentas para que você peça um momento de fala, então utilize o recurso antes de desmutar o microfone, combinado? Assim, cada um pode fazer sua contribuição de maneira organizada, assim como ocorre na sala de aula presencial.