A psicologia como suporte essencial ao setembro amarelo

Por Pedro lorencetti

29 de setembro de 2021

A psicologia como suporte ao setembro amarelo

O fim do Setembro Amarelo e a psicologia

O mês do Setembro Amarelo está acabando e com ele fica a importância da psicologia para o combate ao suicídio.

Claro que, com o apoio simbólico do mês, vamos retomando, a cada ano, a importância de se atentar aos sinais das doenças da mente, mas devemos estar atentos e conscientes o ano todo.

A importância da psicologia e os cuidados com as orientações

Entre ficar atento aos sinais que levam alguém a cometer suicídio e orientar a mesma, a regra deve ser clara: por mais que tenhamos que dar apoio, a orientação cabe ao profissional.

A campanha, por mais que nos conscientize sobre estarmos atentos às características que acometem um potencial suicida, também alerta sobre a busca de profissionais qualificados para o tratamento adequado.

A disposição em identificar em um familiar, amigo ou conhecido é diferente da disposição e qualificação em orientar o mesmo.

O que queremos alertar é que, na maioria das vezes, cada pessoa reage de uma forma, de acordo com sua própria subjetividade, no momento de orientar alguém que possa estar passando por uma situação difícil.

Vemos muitos casos onde o conselho é “você tem que sair dessa”, ou “você precisa ser forte”, ou mesmo orientações que vão para cunho religioso/espiritual, deixando de lado o conhecimento que é realmente necessário para o tratamento.

De forma alguma queremos dizer que a busca espiritual, ou um ombro amigo e familiar não tenham potenciais para um possível suporte, pelo contrário, ter com quem contar é muito importante.

Mas até certo ponto cabe a todos compreender que ajuda profissional de um psicólogo é o caminho correto para o tratamento ou prevenção ao suicídio, já que este profissional tem as qualificações mais adequadas para isso.

Com o suporte de um médico psiquiatra, se necessário, e do psicólogo, acreditamos que o caminho para a recuperação e para prevenção ao suicidio pode ser trilhado de forma correta.

Por isso, queremos encerrar o Setembro Amarelo com esta reflexão: Aconselhar com cautela e orientar a pessoa à ajuda profissional.

O socorro especializado existe, queremos que todos possam fazer sua parte até o ponto que pode ser feito e, a partir daí, orientar o suicida ao tratamento especializado com um psicólogo.

A psicologia como profissão essencial à sociedade

A Psicologia é uma profissão essencial à sociedade e busca a compreensão acerca do ser humano e de sua história, autodescoberta e a compreensão sobre as suas dificuldades.

Como citamos no texto, o psicólogo é o profissional mais qualificado para lidar com  casos de possíveis suicidas.

O mercado de trabalho para o curso de Psicologia é promissor devido a atual conjuntura social em que estamos passando. O psicólogo pode atuar desde a clínica até um departamento de recursos humanos.

Para quem vai estudar Psicologia, é importante estar atento ao mercado de trabalho. 

Se você tem vontade de estudar psicologia e contribuir de forma positiva para a sociedade como psicólogo, conheça o curso de Psicologia do Centro Universitário Brasília de Goiás.

 

Contamos com uma metodologia de ensino alinhada com as últimas tendências, além de um corpo docente de primeira e excelentes laboratórios.

Venha conferir as vantagens de se fazer Psicologia no Centro Universitário Brasília de Goiás!

Inscreva-se Gratuitamente

Veja também…

Centro Universitário
BRASÍLIA de Goiás

Ainda não é aluno?

Confira nossa grade de cursos disponíveis e ingresse no Centro Universitário BRASÍLIA de Goiás.

É aluno de outra IES?

Faça agora sua transferência
facilitada!

Nos siga nas redes!

Sempre um conteúdo novo e
inspirador para você.

O Centro Universitário BRASÍLIA de Goiás utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Com esta autorização estamos aptos para coletar tais informações e utilizá-las para tais finalidades. Você pode consultar nossa política de privacidade e política de cookies.