Qual a diferença entre curso técnico, tecnólogo e graduação?

Por Pedro lorencetti

4 de agosto de 2020

Qual a diferença entre curso Técnico, Tecnólogo e Graduação?

Você conclui o ensino médio e começam as incertezas. A infinidade de caminhos para seguir, somada às novas nomenclaturas que você tem que aprender, parece que dificultam ainda mais o processo de decisão sobre o seu futuro profissional, não é?

É natural que uma das principais confusões na fase pré-vestibular seja entender as diferenças entre os tipos de cursos disponíveis nas instituições de ensino. Afinal, será que cursos técnicos, tecnológicos e de graduação são todos a mesma coisa? Antes de tudo, saiba que essa questão não é apenas sua! 

Por isso, no post de hoje, vamos tirar suas dúvidas sobre o assunto e auxiliar você no início da jornada rumo ao mercado de trabalho. Acompanhe! 

 

Qual a principal diferença entre curso técnico, tecnológico e de graduação?

As três modalidades de cursos se diferem em diversos aspectos, sendo que as principais diferenças são em relação ao nível de escolaridade, tempo de duração e objetivo profissional.

Os cursos técnicos exigem que o aluno tenha concluído o ensino fundamental e que esteja cursando ou que tenha finalizado o ensino médio. Já os tecnólogos aceitam a matrícula somente de estudantes com o ensino médio completo, por se tratar de um curso superior, assim como acontece para o ingresso nos cursos de graduação em uma faculdade ou universidade. 

Os técnicos e os tecnólogos se assemelham no quesito tempo de duração, pois ambos têm o perfil de uma formação com foco na agilidade, para que o futuro profissional seja inserido o quanto antes no mercado de trabalho. Por outro lado, na graduação, a junção de um ensino que une as abordagens teórica e prática acabam por ampliar o tempo que o estudante passa em sala de aula, o que reflete em uma formação mais aprofundada.  

Agora, vamos entender melhor as nuances e as características de cada modalidade de curso!

O que é um curso técnico?

O curso técnico pode ser uma boa pedida para o aluno que está cursando o ensino médio e quer ter a experiência do primeiro emprego em uma determinada área de interesse, ou para quem deseja terminar o colegial qualificado para sair na frente em processos seletivos.

Com duração que pode variar de dois meses até três anos, os cursos técnicos são pensados para suprir uma alta demanda do mercado em diversos nichos do setor produtivo. Na matriz curricular, as aulas práticas dominam a carga horária desde o início do curso, por isso os estudantes desenvolvem o conhecimento dos processos de uma função, porém não recebem uma formação ampla.

Depois de formado, o profissional rapidamente garante uma oportunidade de trabalho, em que ele vai exercer atividades operacionais, ou seja, seu papel envolverá mais a execução de ações e menos análises de dados e estatísticas, por exemplo. Com o diploma em mãos, o novo técnico pode buscar vagas em empresas do setor privado e está apto para fazer concursos públicos de nível médio. 

O que é um curso tecnólogo (ou tecnológico)?

Não confunda os técnicos com tecnólogos! Apesar de terem grafia parecida, o foco profissional e as características dos dois cursos são muito diferentes. 

O curso tecnológico é um tipo de graduação, de formação com nível superior, portanto, é também conhecido como curso superior de tecnologia. É uma modalidade voltada para quem precisa concluir um curso universitário em menos tempo, pois sua média de duração é de dois a três anos, e é composto por uma matriz curricular focada na capacitação profissional com o objetivo de suprir as necessidades de trabalho das empresas. 

Os cursos de tecnologia acabam por formar especialistas, com alto grau de conhecimento em temas específicos. Diferentemente dos técnicos, o curso de graduação tecnológica possibilita que o profissional ocupe cargos analíticos e gerenciais.

Por ter uma característica menos generalista, é interessante que o profissional tecnólogo invista em sua formação profissional para continuar aprendendo e, assim, alavancar ainda mais sua carreira. Com o seu diploma de graduação em mãos, ele pode cursar pós-graduação, MBA e participar de alguns concursos públicos de nível superior.

O que é um curso de graduação?

Os tradicionais cursos de graduação buscam desenvolver a capacitação profissional dos acadêmicos assim como os dois tipos de cursos que falamos até aqui. 

Além disso, a matriz abrange disciplinas com um conhecimento mais aprofundado sobre a profissão e bagagem teórica, pois o desenvolvimento de indivíduos críticos e reflexivos é uma preocupação desta modalidade de curso superior. Por isso, a média de duração dos cursos variam de quatro a cinco anos, sendo que a parte prática é reservada para o final.

Para quem deseja realizar pesquisas científicas, a graduação com diploma em bacharelado ou licenciatura é o primeiro passo para seguir uma carreira acadêmica. Depois de formado, o profissional pode ingressar em programas de pós-graduação lato sensu (especializações e MBA) ou stricto sensu (mestrado e doutorado), e participar de concursos públicos.

É importante deixar em evidência que o mais importante é que você saiba, em primeiro lugar, quais são as perspectivas de carreira que deseja atingir e qual a proposta de ensino que mais combina com a sua pretensão, se uma generalista ou mais específica. Assim, fica mais fácil escolher o tipo de curso perfeito para você!

E então, entendeu as diferenças entre curso técnico, tecnólogo e graduação? Se este post foi útil, compartilhe nas redes sociais para ajudar outras pessoas com a mesma dúvida e fique de olho nos próximos artigos!

Veja também…

Centro Universitário
BRASÍLIA de Goiás

Ainda não é aluno?

Confira nossa grade de cursos disponíveis e ingresse no Centro Universitário BRASÍLIA de Goiás.

É aluno de outra IES?

Faça agora sua transferência
facilitada!

Nos siga nas redes!

Sempre um conteúdo novo e
inspirador para você.

O Centro Universitário BRASÍLIA de Goiás utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Com esta autorização estamos aptos para coletar tais informações e utilizá-las para tais finalidades. Você pode consultar nossa política de privacidade e política de cookies.